sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Escola & Família - Juntas construirão um país melhor!

Gente, o ano letivo está iniciando, e por isso resolvi, postar um texto de minha autoria que escrevi como trabalho de conclusão de um curso. Acho interessante que pais entenda que somente a escola não conseguirá nortear seus alunos, e deve haver uma ampla contribuição familiar para que ambas mestas sejam cumpridas. 

A importância da parceria escola e família

            A família é a base da sustentação da sociedade, portanto na educação é de suma importância a parceria escola/família. Ao escolher uma instituição de ensino para a matricula de seus filhos os pais ou responsáveis acreditam que este é o caminho mais viável para torná-los  seres humanos capacitados a enfrentar o mundo, mas sabemos que não é apenas a formação cognitiva que forma um ser humano, o caráter e os valores são de extrema importância. A busca pela formação completa do individuo só se dará por meio dessa parceria, a escola sozinha não é capaz de transformar cidadãos, tampouco somente a família. A união de ambos favorece o desenvolvimento significativo de cidadãos.

            Vivemos atualmente, tanto no âmbito social, como no âmbito escolar uma desintegração de valores, como a ética e a cidadania  que foram banalizados da formação do ser humano. Cabe a instituição escola juntamente com a família reverter esse quadro. Os assuntos mais discutidos por professores na área educacional nos dias atuais basicamente são: a falta de limites, desrespeito na sala de aula e desmotivação dos alunos. Muitos professores sentem-se cansados e muitas vezes, ficam doentes fisicamente e mentalmente. Porém, até o momento, essas discussões vêm sendo realizadas apenas na escola, envolvendo direções, coordenações e grupos de professores, a escola vem assumindo a maior parte da responsabilidade pelas situações de conflito que nela são observadas. No momento que em esta discussão passar a englobar não apenas a escola, mas também a família, a comunidade em si, haverá espaço para uma busca de soluções, para amenizar essa caótica situação em que se encontra as nossas escolas.


             A escola deve proporcionar oportunidades para que haja essa interação, essa troca de informações com as famílias para que juntos, unidos possam construir objetivos e traçar metas que permitam  a melhoria da educação. Não adianta investimentos em recursos materiais, se os recursos humanos forem tratados como insignificantes, e é exatamente na busca dessa valorização do professor, e dos profissionais da educação em geral, que a parceria escola/família tem que visar suas prioridades. A família é responsável pela formação e desenvolvimento da personalidade dos filhos, sendo assim não se deve transmitir as responsabilidades da família para a escola, que tem apenas o dever de dar continuidade ao processo de desenvolvimento do ser humano.
Postar um comentário